A importância do Diagnóstico para evolução da Governança



A era ESG aumenta a demanda por projetos de Governança, para implantação de Conselhos Consultivos. Em paralelo, empresas de capital fechado, que já atuavam com Conselho Deliberativo, avaliam a migração para Consultivo. Esses dois movimentos somados vêm gerando grande demanda por projetos de Governança, com foco em implantação de Conselho Consultivo.


Nos últimos seis anos, atuando com empresas de capital fechado, em sua maioria de controle familiar, temos aprofundado a importância do diagnóstico para melhor encaminhamento dos projetos, priorizando temas relevantes, respeitando a cultura da empresa e alinhando as expectativas das partes interessadas - família sócios e executivos.


Na metodologia adotada pela Triever, o diagnóstico (também denominado Check Up Empresarial), como etapa inicial de projetos de implantação de Governança, tem por objetivos:


• Mapear status da dinâmica da empresa familiar – família, propriedade e empresa


• Aprofundar o conhecimento da empresa, no que tange às dimensões da Governança Integral – estratégia, liderança e saúde da empresa


• Aprofundar conhecimento sobre o setor e o cenário competitivo


• Definir proposta de prioridades e alinhar expectativas com relação ao escopo da Governança


• Criar vínculo e estabelecer relação de confiança entre o Conselheiro Consultivo, enquanto profissional de Governança, os sócios e os executivos.


Você também tem uma metodologia para este tipo de diagnóstico? Aguarde nos próximos posts, informações sobre outras soluções utilizadas no diagnóstico, além do Canvas, já mencionado no post anterior.





Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square