MODELO DE GESTÃO : UMA QUESTÃO DE SOBREVIVÊNCIA PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS

O segmento de pequenas e médias empresas nasce da atitude ousada de empreendedores que acreditando em seu know-how técnico, em determinado setor da economia, conseguiram consolidar marcas de sucesso, na maioria das vezes, sem nenhum modelo de gestão.

Mas por quanto tempo se sustenta um bom negócio, sem um bom modelo gestão, que considere como pilares, conceitos básicos de governança corporativa?

Enquanto não há um modelo de gestão implementado, prevalecem o excesso de centralização, além da visão e ambição do empreendedor, que na maioria das vezes, está limitada ao contexto técnico do produto/serviço, e a questões relacionadas à sua história e à sua ambição pessoal. Tudo gira em torno da pessoa, que acaba sendo fator determinante para o sucesso ou fracasso do negócio. E neste contexto, mesmo num cenário de absoluto sucesso, a perenidade da vida humana se coloca como um fator de não sustentabilidade do negócio.

Em resumo, implementar um modelo de gestão nas Pequenas e Médias Empresas não é uma questão de opção. Trata-se da sobrevivência de um segmento que representa um terço do PIB brasileiro e emprega mais da metade da mão de obra formal do país.

E como tal, torna-se prioridade para os empreendedores que conseguiram sobreviver e uma grande oportunidade de contribuição, de estudiosos e especialistas em gestão, para o desenvolvimento da economia brasileira.

A partir desta visão, é necessário que a pequena e média empresa entenda a importância de um modelo de gestão que parte do know-how técnico do empreendedor, e considera o alinhamento constante dos pilares de sustentação da governança corporativa - (a) Profissionalização, (b) Processos, (c) Gestão de Indicadores, (d) Relacionamento com Clientes, (e) Rentabilidade, e (f) Competitividade, à visão e ambição da empresa e do empreendedor.

O nível de consolidação da governança corporativa aparece como fator determinante para atribuir maior peso à visão da empresa ou do empreendedor, no alinhamento supracitado. Quanto mais consolidado, maior peso à visão da empresa, embora a visão do empreendedor – suas crenças e valores devam ser mantidos no DNA, como base de sustentação da cultura corporativa.

Para o desenvolvimento dos pilares de sustentação da governança acreditamos na importância do uso de ferramentas de gestão, customizadas à realidade da pequena e média empresa, que detalharemos nos próximos textos.

Gostaríamos de ouvir a sua opinião!!!

Registre aqui seus comentários.

E até a próxima!!!

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Se interessou pelas nossas soluções?

A Triever terá o maior prazer em atendê-lo

  

triever@triever.com.br

Tel: (21) 3512-5010

  • White LinkedIn Icon
  • White YouTube Icon
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon

Av. José Silva de Azevedo Neto, 200 Bloco 7, Salas 416 e 417, CEP: 22775-056 - Barra da Tijuca RJ

CNPJ 24.534.328/0001­-56

© Copyright 2016 TRIEVER - All Rights Reserved